Grupo New Space desenvolve solução que possibilita até 75% de economia no processo tradicional de backup realizado em fita magnética

Além do diferencial no orçamento, ZTape propicia mais segurança e versatilidade, pois permite copiar um backup da alta para a baixa plataforma e, posteriormente, para outros dispositivos, criptografando e comprimindo todas as informações

Administrar o orçamento sendo um líder de TI é sempre uma árdua tarefa que exige cálculos, confiança nos fornecedores e muita responsabilidade, principalmente em grandes corporações. Transformação digital, sustentação da infraestrutura e demais atividades demandam investimentos que nem sempre estão disponíveis. Por isso, o gestor da área deve sempre estar atento às oportunidades de mercado e se apoiar em soluções que ofereçam mais por um preço menor. Foi justamente por conhecer a fundo esse segmento que o Grupo New Space, um dos líderes na oferta de serviços e soluções com tecnologia aplicada para os mais diversos segmentos de negócio, anuncia o lançamento do ZTape, uma inovadora ferramenta de backup que alia segurança, versatilidade e, claro, economia para o negócio.

O ZTape chega para complementar o portfólio da empresa, que, além de trabalhar com processos de microfilmagem há mais de 35 anos, também possui estrutura de primeira para guarda de mídias, atendendo mais de 1.000 clientes com esse serviço. De acordo com o executivo, um dos objetivos do produto é diminuir o TCO (total cost ownership) da área de TI, ou seja, reduzir os custos de propriedade. “Lidar com equipamentos de alta plataforma exige muito investimento, mas, com o nosso programa, conseguimos diminuir em até 75% o valor gasto em um backup normal usando cartuchos, fitas e local para armazenamento próprios”, completa. Outro benefício é que ele é multicanal, ou seja, é possível copiar um backup da alta para a baixa plataforma e, posteriormente, para dispositivos de memória como CD/DVD, pendrive, SSD etc. Com isso, o usuário ganha em tempo de processamento, já que o sistema elimina dispendiosos processos, alguns até manuais, como montagem e transporte da fita, automatizando outros tantos. “Essa agilidade também reflete em economia para as empresas que precisam pagar aluguel pelo uso do mainframe”, cita o diretor da New Space.

“Tivemos o primeiro insight do produto há mais de 30 anos, tendo em vista que os custos dos rolos de fita magnética eram muito altos – ainda continuam tendo em vista que um cartucho de última geração, hoje em dia, custa, em média 150 dólares. Ademais, esse material tem vida útil e, para ler o conteúdo, além do mainframe, você ainda precisa de um leitor, enfim, foi por essas questões que começamos a desenhar uma solução que possibilitasse maior economia e segurança para os processos de backup”, afirma César Hyssa, diretor de mainframe do Grupo New Space. Toda operação realizada em alta plataforma fica salva em sistema e existe uma regra de ouro no mercado que diz que toda cópia exige mais uma por segurança. “Isso elimina a possibilidade de você perder dados, informações e sistemas por qualquer tipo de eventualidade. No segmento bancário, por exemplo, há, ainda, a exigência que esses dois arquivos sejam guardados em locais diferentes”, acrescenta Hyssa.

E além dos ganhos em economia e agilidade, o ZTape ainda proporciona maior segurança operacional ao processo de backup, tendo em vista que é possível duplicar e salvar os arquivos em múltiplos canais e dispositivos, além de criptografar e comprimir todas as informações, garantindo que mesmo que alguém roube uma cópia, o mesmo não conseguirá utilizar – há uma série de critérios que são definidos pelo próprio usuário para liberar o acesso. Também vale destacar que o programa registra todo o histórico de operações, destacando usuário, espaço utilizado, local armazenado, formato de gravação etc.

Apesar de toda inovação contida, trata-se de um programa muito fácil de usar. Basta comprar uma licença, instalar e pronto. “O ZTape é uma excelente alternativa para grandes empresas cujas necessidades e exigências de segurança são proporcionais ao seu tamanho. Certamente trará muitos ganhos para as companhias que usam mainframe, ou para as que estão em fase de transição para baixa plataforma (downgrade)”, finaliza o executivo do Grupo New Space.

Quer saber mais sobre nossos serviços?

Fale conosco







O que oferecemos